O entorno do Parque Estadual Ilha do Cardoso
O Parque Estadual da Ilha do Cardoso pertence integralmente ao município de Cananeia, localizado no extremo sul do litoral paulista. Entretanto, a região já trabalha o turismo de forma integrada com outros municípios do entorno, sob iniciativa do Pólo Lagamar, criado pela SOS Mata Atlântica. Assim, Cananeia, Iguape, Ilha Comprida e Pariquera-Açu formam o Pólo Lagamar e trabalham conjuntamente para desenvolver o ecoturismo na região.

Cananeia
Cananeia está situada no extremo sul do litoral paulista, no centro de um corredor biológico de 110 km que se estende desde a foz do Rio Ribeira em Iguape (SP) até a baía de Paranaguá (PR). É considerado um dos últimos remanescentes de Mata Atlântica intocada na costa brasileira e um dos maiores berçários de vida marinha do planeta.
Tombada pela UNESCO como Patrimônio Natural da Humanidade e apontada pela revista americana “Condé Nast Traveler” como o melhor roteiro ecológico do mundo, a região lagunar-estuarina de Cananeia é conhecida como Lagamar, sendo formada por águas de muitos rios, baías e lagoas e pelo mar. Compreende, num só lugar, quatro ecossistemas: mangues, dunas, restingas e Mata Atlântica. Ali se encontram inúmeros sítios arqueológicos: os sambaquis, que têm entre quatro e seis mil anos de existência, e ruínas do período colonial. A partir de Cananeia, pode-se visitar também a Praia do Boqueirão Sul, na Ilha Comprida, onde se pode atravessar de balsa.

Iguape
É considerada a “Cidade Berço da Colonização Japonesa no Brasil”, título concedido por meio da Lei Federal nº 11.642, de 11 de janeiro de 2008.
Além das belezas naturais, possui atrativos culturais, históricos e religiosos. Fundada em 1538, encontrou no passado sustentação econômica nos ciclos do ouro e do arroz, período em que foram construídos os casarões coloniais, hoje tombados como patrimônio nacional pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).
As principais atrações turísticas de Iguape, também conhecida como a “Princesa do Litoral”, vêm justamente da cultura tradicional, da herança histórica, das belezas naturais e da fé, que leva milhares de romeiros a festejarem o Bom Jesus de Iguape.
A cidade ainda conta com hotéis, pousadas, restaurantes com comidas típicas da região, eventos durante o ano inteiro e produtos e serviços de qualidade no comércio local.

Ilha Comprida
A Ilha Comprida tem esse nome devido ao longo comprimento de 74 km de praias com largura reduzida. As dunas e a vegetação de restinga completam o cenário natural.
A Ilha é uma APA (Área de Preservação Ambiental) criada em 1987 e foi elevada à condição de Estância Balneária em 1994. No Boqueirão Sul há piscinas naturais de água salgada, grande concentração de aves e uma praia.
A região também oferece praias mais agitadas com infraestrutura de quiosques a beira mar, restaurantes e meios de hospedagem.

Pariquera-Açu
Pariquera-Açu possui uma extensão territorial de 396 km², fazendo divisa com Cananeia, Registro, Iguape e Jacupiranga. Pariquera-Açu tem uma altitude média de 26 metros acima do nível do mar e é atravessada pelos rios Pariquera-Açu, Pariquera Mirim, Jacupiranga e outros cursos de água de menor importância.
Distante 230 km de São Paulo, tem 6 km da rodovia federal Régis Bittencourt (BR-116) dentro de seus limites, sendo esta estrada sua principal via de acesso às metrópoles paulistana e curitibana. Conta também com as estradas estaduais SP-226 para Cananéia e a SP-222 para Iguape, além de várias estradas municipais.